sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Lula ignora agenda para gravar programas para Dilma

Presidência diz que ele estaria no Alvorada. Saiu do palácio para ir ao estúdio

Apesar da agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para esta sexta-feira informar que ele estaria em despachos internos, no Palácio da Alvorada, mais uma vez o presidente está dedicando a manhã a gravações para o programa da candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT).
 
Lula deixou o Alvorada por volta das 9h40, mas a bandeira que indica a sua presença na residência oficial permanecia hasteada, em um indicativo de que ele estaria no Palácio. O presidente foi para um dos estúdios usados pela candidata, no final da Asa Sul, região central de Brasília. Dilma, no entanto, não se encontrava no local. O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins, acompanhou o presidente nas gravações.
 
Além de gravar programa, Lula reuniu-se por quase uma hora e meia com a cúpula da campanha. Participaram do encontro o presidente do PT, José Eduardo Dutra, o deputado José Eduardo Cardozo (SP), e o deputado Antonio Palocci (SP). Após o término do encontro, os três coordenadores da campanha de Dilma saíram do local e o presidente Lula permaneceu, fazendo gravações para a candidata.
 
Ao deixar o prédio do estúdio, Dutra afirmou que o presidente Lula não vai responder ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Na noite de quinta, FHC o chamou para um debate depois das eleições, dizendo que queria ouvir de Lula as afirmações que ele faz cara a cara. "O presidente não vai ficar batendo boca com o ex-presidente", disse o petista.
 
O presidente, os ministros que formam o chamado "núcleo duro" do governo e o comando da campanha de Dilma avaliaram, em reuniões realizadas ao longo da semana, que "a situação é problemática" para a candidatura da petista. A recomendação unânime foi para que Dilma concentre a campanha nas regiões Sul e Sudeste e deixe de lado o Nordeste - onde, conforme os petistas, a eleição "está ganha".
 

(Com Agência Estado)


Comentário: Em qualquer país onde as regras são obecidas pelos poderes contituídos e garantidas pela constituição, Lula já haveria punido a muito tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário