quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Bloqueio de identificação de chamadas de celular pode ser proibido

Proposta que proíbe o serviço de bloqueio de identificação de chamadas de telefone celular, aquelas chamadas que aparecem a mensagem "número privado", está em análise na Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei 6907/10, da deputada Sueli Vidigal (PDT-ES), prevê que o desrespeito à regra poderá provocar multa de até 3 milhões de Ufirs (unidades fiscais de referência) às operadoras de telefonia, ou seja, aproximadamente R$ 3,19 milhões.

Segundo a deputada, o serviço tem facilitado a ação de criminosos detidos em presídios (principalmente a extorsão mediante simulação de sequestros) e a prática de trotes de mau gosto por "pessoas desocupadas".

O projeto tramita apensado ao PL 3288/04, do deputado José Carlos Araújo (PDT-BA), que tem o mesmo teor. A proposta foi aprovada pela Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara e rejeitada pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e aguarda análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, seguirá para o Plenário. As informações são da Agência Câmara. 

Comentário: Estão fazendo de tudo para acabar com a privacidade e com a  individualidade das pessoas, isto não é desculpa.
Deveriam fazer lei, obrigando sim a operadoras de telefonia celular a bloquear as ligações oriundas de presídios, o que é muito fácil, os presídios tem localização certa e não mudam de posição, por isto a coordenada GPS é sempre a mesma para um determinado presídio, todos os aparelhos celulares, enviam para a estação rádio base sua localização o tempo todo, bastaria a operadora inibir todas as ligações originadas e recebidas do local do presídio que nenhuma ligação seria possível.
Mas como estamos no Brasil, as soluções simples nunca são adotadas, principalmente aquelas que deixarão de gerar lucros para as empresas, é muito mais fácil punir o Povo. 

Brasil, um país de TOLOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário