domingo, 16 de dezembro de 2012

Valdomiro admite que voou em jatinho junto com lobista


O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), admitiu ao promotor de Justiça Sérgio Clementino que voltou de Brasília no jatinho do empresário Ricardo Valadares Gontijo, da Direcional, conforme apontado pelo lobista Alcides Fernandes Barbosa. A confissão vem seis meses depois do Diário revelar o caso.

Em ofício enviado ao MP na última semana, os advogados Ricardo Penteado e Francisco Octávio de Almeida Prado afirmam que em 13 de janeiro de 2010 Valdomiro viajou a Brasília para tratar de “interesses do município.” Para tanto, dizem os advogados, o prefeito “adquiriu passagem de ida e volta, mas não usou a da volta porque aceitou oferta de Gontijo, que tinha interesse em investir no município.”

Agora, de posse da confirmação de que Valdomiro realmente voou no jatinho conforme havia dito Barbosa, Clementino disse que vai analisar qual rumo dará a essa investigação, uma vez que o “favor” de um empreiteiro a um prefeito pode, em tese, caracterizar ato de improbidade administrativa.

“Ainda temos algumas informações para checar, mas agora confirmou expressamente a viagem”, afirmou o promotor, que, porém, não teve maiores explicações sobre as companhias no voo nem sobre outros questionamentos feitos que não foram revelados para não atrapalhar a investigação.

A admissão de Valdomiro veio depois de o promotor já ter confirmado que o jatinho da Direcional, um Citation prefixo PR-ALV, esteve em Rio Preto na data citada pelo lobista, bem como que o prefeito e Tavolaro estavam em Brasília no período. Clementino já tinha tido resposta da Passaredo de que Tavolaro não havia utilizado sua passagem de volta a Rio Preto na mesma data do voo do jatinho.

Desde que o caso veio à tona, em junho deste ano, Valdomiro sempre negou qualquer ligação com Barbosa - que ficou cinco meses preso acusado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte de ser um dos líderes de quadrilha que tentou fraudar licitação para inspeção veicular no Estado nordestino. Barbosa seria sócio de Luiz Tavolaro, acusado pelo MP de “cérebro jurídico” do grupo.

Quando o depoimento de Barbosa se tornou público, Valdomiro foi à Polícia Civil acusar que estava sendo extorquido pelo empresário de São José dos Campos, a quem chamou de “bandido.” Entre as denúncias feitas por Barbosa está a de que teve de pagar R$ 2,7 milhões de propina a Valdomiro e Tavolaro de um contrato de R$ 4,7 milhões com a Haus Construtora - responsável pela construção do Parque Nova Esperança.

Prefeito conhece lobista

O prefeito de Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB), disse que resolveu admitir o caso ao Ministério Público no intuito de “contribuir com os esclarecimentos dos fatos.” Pela primeira vez, o prefeito também admitiu conhecer Barbosa e reconheceu que viajou com ele no jatinho. “O prefeito entrou no avião com o empresário e veio conversando com ele até Rio Preto.”

Diário - Por que o prefeito Valdomiro Lopes (PSB) resolveu admitir que viajou de Brasília a Rio Preto no jatinho de Ricardo Valadares Gontijo?
Resposta - A manifestação apresentada ao MP foi a primeira que o prefeito fez sobre este fato específico. As informações foram prestadas espontaneamente no intuito de contribuir com o esclarecimento dos fatos. Embora com passagens de avião de ida e volta já compradas pela Prefeitura, no dia 13/01/2010, o prefeito encontrou o empresário Ricardo Gontijo em Brasília e aceitou o convite para viajar a Rio Preto na sua companhia.

Diário - Alcides Fernandes Barbosa intercedeu para conseguir o jatinho para o prefeito?
Resposta - O lobista Alcides Barbosa, preso e respondendo a processo de corrupção em Natal, está, há tempos, levantando suspeitas e calúnias sobre o prefeito e, por isso, responde a inquérito policial movido por Valdomiro Lopes.

Diário - O empresário Alcides Fernandes Barbosa estava no vôo junto com o prefeito?
Resposta - No desenvolvimento de uma estratégia de ataques e calunias, o lobista Alcides Barbosa tem insistido em se dizer intimo do prefeito, o que não e verdade. Ele já disse que veio neste vôo, como já disse na delação premiada de Natal (processo em que foi preso e é acusado por corrupção) “que não tenho nada contra o prefeito” e, também, “eu (Alcides) admito aqui, muita mentira. Muita coisa, muita coisa, criei muita coisa mesmo. Criei muita coisa mesmo, muita coisa.” O prefeito entrou no avião com o empresário e veio conversando com ele até Rio Preto, conforme já relatou.

Diário - Como o prefeito conheceu Alcides Fernandes Barbosa?
Resposta - O prefeito nunca foi formalmente apresentado a esta pessoa, e ela nunca fez parte de suas relações pessoais. Como pessoa pública o prefeito vai a muitos lugares e ocasiões diversas como restaurantes, cerimonias, festas, atos públicos, inaugurações etc. Sendo assim, essa pessoa esteve ou poderia ter estado com ele.

FONTE: Diario Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário